10/11/2016, Simpósio « “Handicapologia” social » | 4º Congresso Internacional de Serviço Social

4ciss
4-CISS | 4º Congresso Internacional de Serviço Social

 

Michel Binet - Claude Hamonet - Teresa Magalhães
Michel Binet – Claude Hamonet – Teresa Magalhães

 

Michel Binet - Claude Hamonet
Michel Binet – Claude Hamonet

 

4.º Congresso Internacional de Serviço Social

O serviço social português e a agenda global: balanço e prospetivo

10 NOVEMBRO 2016 | 11H15 | SALA 1F ‐ ULL

‐ SIMPÓSIO 4 ‐

 

Título do simpósio A “Handicapologia social

Um novo domínio de investigação-ação ?

 

Coordenação

 

Michel G. J. Binet

 

Pertinência do tema

 

Promotora de investigações não cortadas de ações interventivas informadas por um quadro de valores ético-políticos abertamente assumidos, o Serviço Social surge como campo cientifico-profissional comprometido com a mudança social e cívica, particularmente habilitado para acolher e desenvolver estudos incidindo sobre (1) a condição social das pessoas categorizadas como « deficientes », no seio de uma sociedade repleta de barreiras excludentes e desempoderadoras (disempowerment), de situações handicapantes/incapacitantes, e sobre (2) as políticas públicas e as respostas sociais concebidas e executadas por interventores sociais, empenhados em promover o bem-estar e os direitos sociais dos cidadãos categorizados como « deficientes », no seio de uma sociedade tornada cada vez mais inclusiva e capacitadora.

Como escreveu Claude Hamonet, médico e socio-antropólogo francês, a Handicapologia, abordagem pelo Handicap perspetivado como fenómeno social e político total, constitui uma via excecionalmente privilegiada para compreender as necessidades dos seres humanos vivendo em sociedade, «para apreender as interações entre a saúde, a cultura e a sociedade», para «desenvolver uma nova maneira de conceber o bem-estar do indivíduo no seio da sua comunidade» (Hamonet, 1992: 4).

No mundo anglófono, os Estudos sociais da Deficiência (Disability Studies) constituíram-se como área disciplinar relativamente autónoma, apoiada num dialogo interdisciplinar, que identifica o Serviço Social como uma das suas principais matrizes disciplinares.

O painel, que iniciará com Conferências de Abertura do Professor Claude Hamonet e da Professora Teresa Magalhães, pretende, a partir de uma abertura interdisciplinar, constituir-se como espaço privilegiado de análise das políticas públicas, das respostas sociais e dos saberes acionais e reflexivos capitalizados pelos profissionais a partir das suas ações de terreno.

___________

«(…) the source of disability is located in the range of social barriers that inhibit and prevent disabled people’s inclusion in mainstream society. (…) In both theoretical and practice terms, disability writings demonstrate clear overlaps with anti-oppressive writings in social work» (Mercer, 2002: 130).

Mercer, G., 2002. Disability and oppression: Changing theories and practices.

In D. R. Tomlinson & W. Trew, eds. Equalising Opportunities, Minimising Oppression: A critical review of anti-discriminatory policies in health and social welfareLondon / New York: Routledge, pp. 117–133.

Programa 1) A Handicapologia medico-social: Origens e Desafios de uma dupla abordagem / L’Handicapologie médico-sociale: Origines et Enjeux d’une double approche

a) Origem da Handicapologia medico-social: Medicina de reabilitação e Ciências sociais

Professeur émérite Claude Hamonet, Médecin spécialiste de Médecine Physique et de Réadaptation, Docteur en Anthropologie sociale

b) Handicap, Medicina e Sociedade. Uma abordagem da Pessoa, promotora da sua (re)integração social

Prof.ª Doutora Teresa Magalhães, Faculdade de Medicina da Universidade do Porto – Instituto Universitário de Ciências da Saúde (CESPU)

2) Trabalho social e Pedagogia da emancipação : Para uma reciprocidade justa entre o assistente social e o cidadão [Conferência cancelada por motivo de força maior]

Prof. Paulo Pedroso, Professor Auxiliar convidado do Departamento de Ciência Política e Políticas Públicas do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa e Sócio da PPLL Consult

3) Handicapologia social e Social Model of Disability : o Serviço Social como matriz disciplinar de uma abordagem do/pelo Handicap

Prof. Doutor Michel G. J. Binet, Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa (ISSSL – Universidade Lusíada de Lisboa) – Centro Lusíada de Investigação em Serviço Social e Intervenção Social (CLISSIS) – Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre (ESECS-IPP)

 

 

Moderação: Michel G. J. Binet, Universidade Lusíada de Lisboa

 Página Web –> 4CISS

hamonet

social-work-with-disabled-people

 

ISSSL
ISSSL

 

Universidade Lusíada de Lisboa
Universidade Lusíada de Lisboa

 


Michel G. J. Binet

Professeur à l'ESECS-IPP (Escola Superior de Educação e de Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre) et à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de la Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social - Coordinateur du Conseil Scientifique de la CERCIMA

More Posts

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *