Acção de Formação | A INTERACÇÃO CONVERSACIONAL NO ATENDIMENTO SOCIAL

Apresentação

O atendimento social, enquanto interacção institucionalmente enquadrada, realizada através do uso da fala, constitui-se como um dos procedimentos metodológicos mais recorrentes na prática profissional da maioria das/os assistentes sociais.
Ainda assim, considera-se ser uma matéria insuficientemente estudada e debatida, correndo riscos de rotinização empobrecedora.
A realização desta Acção de Formação pretende contribuir para colmatar essa lacuna, colocando ao serviço dos profissionais o conhecimento que se vem produzindo em Portugal nesta matéria, dando a conhecer resultados de pesquisas sobre as práticas profissionais, baseadas na Análise Conversacional e sustentadas em metodologias co-participativas.


Objectivos

▪ Reforçar as competências interaccionais das/os Assistentes Sociais;
▪ Incrementar processos teórico-práticos reflexivos, como forma de contribuir para um exercício profissional de qualidade.


Formadora | Isabel de Sousa, Assistente Social, Investigadora do GEACC (CLISSIS)

Destinatários | Assistentes Sociais

Entitade promotora | APSSAssociação dos Profissionais de Serviço Social


Michel G. J. Binet

Professeur à l'ESECS-IPP (Escola Superior de Educação e de Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre) et à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de la Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social - Coordinateur du Conseil Scientifique de la CERCIMA

More Posts

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *