Cristina Coelho

ICON - GEACC

Congresso APA Cristina 2 04-06-2016
Coelho, C., 2016. Etnometodologia e Data Sessions: contributos para a investigação colaborativa em Serviço Social. In VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia; Painel « Etnografias e Comunidades de prática: produção de conhecimento e construção de saberes profissionais em Educação, Enfermagem e Serviço Social » (Coord. Michel Binet & Telmo Caria) – 04/06/2016

Colaboradora (externa)

do Grupo de Etnometodologia e Análise Conversacional da Clusividade social | GEACC-CLISSIS

Doutoranda em Serviço Social no Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa | ISSSL – Universidade Lusíada de Lisboa

Licenciada e Mestre em Serviço Social

Assistente Social (desde 1989)

Docente (1992 – 2006) do Instituto Superior de Serviço Social de Beja | ISSSB

Docente (desde 2008) no curso de Licenciatura em Serviço Social do Instituto Politécnico de Portalegre – Escola Superior de Educação

CV Europass

.


Título da Tese

Os saberes incorporados na prática dos assistentes sociais e a construção do processo de tomada de decisão em Serviço Social

Área científica | Serviço Social

Orientadores | Michel G. J. Binet & Júlia Cardoso

Universidade | ISSSL-ULL

Unidade de acolhimento | CLISSIS

Relevância do tema:

Entendemos que os processos de mudança acelerados e contínuos por que passamos, constituem desafios para os assistentes sociais e para a própria profissão: são testes à capacidade de participar desses processos e não apenas de os acompanhar e por eles ser acriticamente conduzidos. Assim, a competência do assistente social de mobilizar diferente saberes – usar, produzir, reconstruir – para a construção de conhecimento sistémico sobre os diferentes contextos da prática profissional, ganha relevância: será ela que, no cruzamento dinâmico entre lógicas de ação e de reflexão, lhe permitirá o desenvolvimento de respostas adequadas às situações-problema e a superação de modos replicativos de agir profissionalmente.

Dados – Corpus ACASS-2 | Multi-Corpus

ACASS-2b

Multi-Corpus | 6 Quadros interaccionais interligados, pertencentes a um só e mesmo contexto institucional.

Dados complementares

Corpus de Entrevistas de membros do corpo técnico
Corpus de fotografias documentais (etnografia visual) de locais de trabalho

Michel G. J. Binet

Professeur à l'ESECS-IPP (Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre) et à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social

More Posts

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Groupe d’Ethnométhodologie et d’Analyse Conversationnelle de la Clusivité sociale