Admission du GEACC sur la Plateforme ORTOLANG

Ortolang-logo

Le GEACC a élu la plateforme scientifique française ORTOLANG, pour y déposer progressivement ses corpus, afin de disposer d’un espace en ligne de travail en équipe, d’accès restreint et sécurisé.

Cliquer pour agrandir

Linkhttps://www.ortolang.fr/market/corpora/corpus-geacc

Depuis 2007, le GEACC recueille des Corpus oraux et/ou multimodaux de parole-en-interaction, complétés de corpus d’entretiens, de données visuelles (photographie documentale) et de documents primaires (écrits professionnels), dans divers cadres conversationnels du Travail social (entretiens d’aide sociale, visites au domicile, réunions d’équipe, sessions de travail social de groupe, etc.), sur plusieurs terrains institutionnels, au Portugal et en France.

Cliquer pour agrandir

VANTAGENS da Plataforma ORTOLANG

  • 1) Armazenamento de cópias de segurança dos corpora numa plataforma do sistema científico francês, que apresenta garantias de perenidade ;
  • 2) Proteção dos dados e da sua confidencialidade, mediante restrições de acesso às pastas e subpastas dos corpora. Tratando-se de uma Plataforma científica dedicada aos Estudos de corpus em Ciências da Linguagem, a proteção dos dados é uma questão tratada de raiz com muita seriedade e muito rigor. Os dados depositados no Espaço de trabalho do GEACC são protegidos ao abrigo da seguinte regulamentação legal francesa :
Catégorie de dérogation au principe de libre communicabilité des archives publiques | AR048 (50 ans) – Documents dont la communication porte atteinte à la protection de la vie privée ou portant appréciation ou jugement de valeur sur une personne physique nommément désignée, ou facilement identifiable, ou qui font apparaître le comportement d’une personne dans des conditions susceptibles de lui porter préjudice. (Code du Patrimoine, art. L. 213-2, I, 3). Date d’échéance de la mise à jour des droits d’accès | 2066-08-08
  • 3) Facilidade de acesso aos dados | Armazenados numa Plataforma online de acesso protegido, os nossos dados são acessíveis online (ex.: ouvir online uma gravação do nosso Corpus) ou descarregáveis (ex.: descarregar/baixar o ficheiro de uma gravação) a partir de qualquer computador ligado à internet, por cada membro do Grupo (devidamente identificado como tal por uma senha pessoal) ;
  • 4) Plataforma de teletrabalho em equipa | Cada um/a pode, por exemplo, facilmente convidar outro membro do Grupo a ouvir diretamente online um trecho de gravação localizável com precisão (Caminho indicado pelos Nomes/ID da Pasta/(Subpasta)/Ficheiro/Indicações temporais do inicio e do fim do trecho), que está a ser transcrito e analisado para uma proposta de artigo elaborado em co-autoria. Plataforma facilitando o trabalho à distancia, ORTOLANG pode ser portanto utilizada como um disco online intra-equipa de pastas/subpastas partilhadas (à semelhança de uma Dropbox, por exemplo), com capacidade ilimitada de armazenamento, uma garantia reforçada de salvaguarda e de proteção dos dados e funcionalidades de audição/visionamento online de gravações e filmes e de transferência intra-equipa de grandes ficheiros audio/audiovisuais. A produção dos membros da equipa será também tornada facilmente acessível no seio da equipa ;
  • 5) Organização dos Corpora | A organização de um Corpus, mediante a definição de um sistema de pastas e subpastas, é em si mesma um trabalho (evolutivo/periodicamente reformulável) de análise dos dados ;
  • 6) Divulgação – Duplo modo de comunicação científica (Ler e Ouvir online) | A Plataforma prevê a possibilidade de criar pastas de acesso aberto, que podem facilitar a comunicação com a comunidade científica e profissional e a divulgação da nossa produção científica. Com esta funcionalidade, é por exemplo possível tornar acessível para audição online um ficheiro audio correspondente a um trecho de gravação transcrito num artigo publicado. Basta, neste caso, de indicar o link na legenda do trecho de transcrição, para permitir ao leitor do artigo de completar a sua leitura da transcrição pela audição online do trecho a partir do seu computador ligado à internet. Todas as coisas sendo iguais, adoptar esta prática (seguida pontualmente por grandes nomes da AC) com o apoio da Plataforma ORTOLANG constituiria um Upgrade do rigor científico da nossa produção académica. Evidentemente, as questões éticas referentes à proteção e anonimização dos dados limitam seriamente a adopção generalizada deste duplo modo de comunicação científica. Mas, se por um lado é possível anonimizar gravações e filmes, por outro lado podemos de vez em quando ficar na posse de dados menos sensíveis, passíveis de serem desprotegidos com o consentimento prévio de todas as partes envolvidas. Ex.: Trechos de gravações/filmagens de Sessões de Co-análise de dados conversacionais juntando investigadores e profissionais.

Corpus GEACC - ORTOLANG

Michel G. J. Binet

Professeur Universitaire à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social

More Posts


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.