Carla Mirelle Matos Lisboa

ICON - GEACC

Carla Mirelle | IV SIMPÓSIO NACIONAL DISCURSO, IDENTIDADE E SOCIEDADE e II SIMPÓSIO INTERNACIONAL DISCURSO, IDENTIDADE E SOCIEDADE, 2015
Carla Mirelle Matos Lisboa | IV Simpósio Nacional & II Simpósio Internacional Discurso, Identidade e Sociedade (SiDIS), Fortaleza, 2015

Colaboradora (externa)

Grupo de Etnometodologia e Análise Conversacional da Clusividade social | GEACC-CLISSIS


Doutoranda em Estudos da Linguagem na Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-­Rio), onde é bolsista da Capes (Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior).

Título provisório da tese | REINSERÇÃO SOCIAL DA POPULAÇÃO EM SITUAÇÃO DE RUA: a atuação da Turma da Sopa de Niterói sob uma perspectiva interacional.

Resumo Elaborada sob a orientação de Maria do Carmo Leite de Oliveira (PUC-Rio) e de Michel Binet (ISSSL-ULL), a tese procede a uma descrição detalhada dos saberes e das práticas de voluntários que intervêm junto de pessoas em situação de rua em Niterói, Rio de Janeiro, Brasil, com base em corpus de gravações. Por meio do aparato teórico-metodológico da Análise da Conversa (SACKS, 1992; SACKS; SCHEGLOFF; JEFFERSON, 1974), são analisadas interações da equipe de abordagem social, com os seguintes objetivos específicos: caracterizar o processo de intervenção social identificando as diferentes etapas e suas ações,  no turno a turno dos encontros com moradores em situação de rua e discutir o que essas práticas revelam sobre a melhor forma de realizar a abordagem social, que tem como escopo a reinserção social das pessoas em situação de rua.


Coorientador no Exterior – Portugal (Programa de Doutorado Sanduíche no Exterior – PDSE) | Michel G. J. Binet

Duração e Datas da Missão no seio do GEACC (com o apoio de uma Bolsa PDSE) | 7 meses (Agosto 2017 – Fevereiro 2018)

Relatório de Missão (Março 2018) | Link


Mestra em Estudos de Linguagem pela Universidade Federal Fluminense (2015), onde foi escolhida bolsista nota 10 da FAPERJ (Fundação Carlos Chagas Filho de Amparo à Pesquisa do Estado do Rio de Janeiro).

Graduação em Letras Português pela Universidade Federal de Sergipe (2011).


Parecer/Termo de seleção da candidatura do PDSE | Reconhecimento internacional do pioneirismo do GEACC na « introdução da ACE [Análise da Conversa Etnometodológica] em estudos na área do Serviço Social ».

Michel G. J. Binet

Professeur à l'ESECS-IPP (Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Portalegre) et à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social

More Posts

Groupe d’Ethnométhodologie et d’Analyse Conversationnelle de la Clusivité sociale