David Monteiro

David Monteiro

Investigador colaborador

do Grupo de Etnometodologia e Análise Conversacional da Clusividade social | GEACC-CLISSIS


Licenciado e mestre em Ciências da Linguagem pela Universidade Nova de Lisboa (2008 e 2012) e doutor em Linguística pela Universidade de Basel (2019). Membro do GEACC-CLISSIS desde 2009.
Atualmente bolseiro de investigação no Instituto Politécnico de Portalegre, no âmbito do Projeto ETIC – “End-of-life Trajectories In Care”.
Desenvolve trabalho de investigação em ciências sociais no quadro teórico e metodológico da Análise da Conversa Etnometodológica (ACE), examinando a produção situada do trabalho em diversos domínios da área da saúde e da intervenção social, nomeadamente o Serviço Social e os Cuidados Paliativos.
Numa abordagem auto-etnográfica e reflexiva, investiga o trabalho de videografia e constituição de corpora de gravações audiovisuais de interacções sociais para fins de investigação em ACE.

Membro das redes internacionais de investigação CASW (Conversation Analysis and Social Work) e DANASWAC (Discursive And Narrative Approaches to Social Work And Counselling).

CV (CIÊNCIAVITAE)

ResearchGate

 


 


 

Título da Tese

A conversation analytical approach to Social Work service encounters in Portugal

Área científica | Linguística Interaccional / Análise da Conversação

Orientadora | Lorenza Mondada

Universidade | Universität Basel

Unidade de acolhimento | Institut d’Études Françaises et Francophones (Universität Basel)

Apoio financeiro | Hermann Paul School of Linguistics (Universität Basel / Universität Freiburg)

Palavras-chave | Análise Conversacional ;  Análise Multimodal ; Interações institucionais ; Discurso relatado ; Práticas narrativas ; Saúde ; Serviço Social hospitalar ; Gerontologia social

Breve Resumo
Redigida em inglês, esta dissertação propõe investigar interacções entre profissionais de Serviço Social e utentes realizadas em sede de atendimento em diversas instituições em Portugal. Procedendo dentro do quadro da Análise da Conversação Etnometodológica, e tendo como base um corpus de 20 horas de gravações video, este estudo visa examinar a organização sequencial e multimodal de várias actividades interaccionais que organizam estes atendimentos, relacionadas com tarefas de diagnóstico social, constituição documental de processo, e aconselhamento de utentes, demonstrando como são organizadas pelos participantes através de práticas que envolvem a mobilização de recursos linguísticos, corporais e materiais.

Poster | Formato PDF


Corpus ACASS-3 / RePort | Reporting Problems: A Conversation Analytic Approach to Social Work Interaction in Portugal

Cliquer pour agrandir

 

Michel G. J. Binet

Professeur Universitaire à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social

More Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Groupe d’Ethnométhodologie et d’Analyse Conversationnelle de la Clusivité sociale

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search