PRODUÇÃO CIENTÍFICA

 

 

 

CORPUS

Dados áudio – audiovisuais

Capturas de ecrã – Fotografias

 

 

Quadros primários de interação presencial com utentes

(frontstage)

 

Quadro Interacional Setores de intervenção / Destinatários da ação interventiva
Atendimento social Ação social (Município / Juntas de Freguesia) / Apoio aos migrantes / Cuidados Paliativos / Economia social e familiar / Gerontologia social / Proteção da Infância e Aconselhamento parental / Realojamento social / Sem-abrigo / Saúde primária Microética
Visita domiciliária Ação social municipal / Gerontologia social / Proteção da Infância e Aconselhamento parental
Reunião com um ou vários familiares Cuidados Paliativos / Proteção da Infância e Aconselhamento parental / Terapia familiar
Sessão de intervenção com/em grupo Deficiência
 

Quadros primários de interação presencial entre profissionais (backstage)

 

Quadro Interacional Setor de intervenção / Destinatários da ação interventiva
Reunião de equipa interna (Gestão de casos) Cuidados Paliativos / Intervenção Precoce (Deficiência) / Proteção da Infância Microética
Reuniões de Direção técnica e de Gestão organizacional Deficiência / Proteção juvenil
 

Interações distanciais

 

Escritos profissionais Setor de intervenção / Destinatários da ação interventiva
Redação de documentos (relatórios, informações, por ex.) em suporte papel e/ou online Ação social (Município / Juntas de Freguesia) / Apoio aos migrantes / Cuidados Paliativos / Economia social e familiar / Gerontologia social / Proteção da Infância e Aconselhamento parental / Realojamento social / Sem-abrigo / Saúde primária Ética
 

Quadros secundários de interação presencial entre co-investigadores

(Recherche praticienne)

 

Quadro Interacional Setor de intervenção / Destinatários da ação interventiva
Sessão de orientação de um/a mestrando/a ou doutorando/a Cuidados Paliativos / Sem-Abrigo / Economia social e familiar Microética
Sessão de co-análise em grupo Deficiência / Proteção da Infância e Aconselhamento parental / Economia social e familiar
Entrevista de explicitação Deficiência / Sem-abrigo / Economia social e familiar

 

Publicações / Teses

_____

  • Binet, M., Rullac, S. & Pinto, T. (Aceite – Aguarda publicação) ‘La co-enquête microethnographique : Un moteur de la scientifisation du travail social’, Intervenção Social.
  • Martins, A., Binet, M., Monteiro, D. & Brás, O. (2021) ‘Preparing end-of-life talks in palliative care : Exploratory remarks on a social process’, Sociological Research Online, pp. 1–15.
  • Martins, A. & Binet, M. (2020) ‘Introduzir o tópico “trajetória de fim de vida” na interação conversacional com doentes paliativos e seus familiares : As microestratégias dos profissionais de saúde’, Terceiro Milênio: Revista Crítica de Sociologia e Política, 14(1), pp. 71–102.
  • Monteiro, D. & Brás, O. R. (2020) ‘Entre a vida e a morte : Travessias conjuntas de doentes, familiares e profissionais de cuidados paliativos’, Terceiro Milênio: Revista Crítica de Sociologia e Política, 14(1), pp. 103–127.
  • Pinto, T. (2020) Análise conversacional de quadros interacionais do trabalho do/a assistente social em meio hospitalar:  O encaminhar para uma unidade de cuidados paliativos. Dissertação de Mestrado em Serviço Social (dir. Michel G. J. Binet). Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa (ISSSL-ULL).
  • Monteiro, D., 2019. A Conversation Analytical Approach to Social Work Encounters in Portugal. Doctoral Dissertation in General Linguistics (dir. Lorenza Mondada & Beatrice Schmid). University of Basel.
  • Binet, M., 2016. Communication professionnelle en travail social, Paris: Vuibert.
    .
  • Monteiro, D., 2016. Street-level bureaucracy revisited: Formulating address in social work service encounters. Language and Dialogue, 6(1), pp.54–80.
_____

Scientifisation située (Binet 2016)-2 Scientifisation située (Binet 2016)-4

_____

analisesocial.ics.ul.pt documentos AS_215_a03.pdf

_____

Capa Livro Adriano

Intervençao Social 41

_____

AIFRIS

_____

_____

Intervenção Social 38

_____

Estudos de Corpora (Tiago Freitas)

_____

Psihologia Sociala (Revista)


 Teses – Dissertações

_____

  • Sousa (de), I., 2016. Serviço Social e Democracia Local: Desafios do Quotidiano dos Assistentes Sociais. Tese de Doutoramento em Serviço Social. Lisboa: ISCTE-IUL.

_____

https tel.archives ouvertes.fr tel 00815276 document

_____


Comunicações

_____

1-Congresso APA 04-06-2016
VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia | Painel « Etnografias e Comunidades de prática: produção de conhecimento e construção de saberes profissionais em Educação, Enfermagem e Serviço Social » (Coord. Michel Binet & Telmo Caria) – 04/06/2016
  • Binet, M., 2016. Reuniões semanais de uma equipa local de intervenção precoce como terreno privilegiado de estudo etnometodológico: Os etno-inquéritos dos membros de uma comunidade de prática. In VI Congresso da Associação Portuguesa de Antropologia. Coimbra: APA.

_____

  • Sousa (de), I., 2015. Ação profissional, reflexividade e envolvimento societal: o Serviço Social em debate. In VIII  Seminário Internacional «Serviço Social: Entre regulação e fundamentos da profissão». Lisboa: FCH/UCP – CEDH.

_____

EDiSo

_____

II ColoquioDoutoral_2014_15-1

  • Coelho, C., 2015. Os saberes incorporados na prática dos assistentes sociais e a construção do processo de decisão na área do mau trato infantil. In II Colóquio Doutoral: Doutoramento em Serviço Social. Lisboa: ISCTE-IUL.

_____

  • Binet, M., 2015. Análise Conversacional Aplicada ao Serviço Social. In III Jornadas de Reflexão: Refletir a Intervenção. Universidade Atlântica – Oeiras: CSPNSPS – Instituto da Segurança Social.

_____

  • Binet, M., 2014. Transcrever a atividade do falante secundário: apresentação de uma nova convenção de transcrição da fala-em-interação. In XXX ENAPL | Encontro Nacional da Associação Portuguesa de Linguística. Faculdade de Letras da Universidade do Porto: APL.

_____

III Congresso Nacional de Serviço Social - APSS - Coimbra

  • Binet, M., 2014. O que revelam as (contra-)narrativas do(a)s Assistentes Sociais sobre os impactes sociais das politicas de austeridade. In III Congresso Nacional de Serviço Social « Crises e (in)justiça social: Desafios para a(os)s Assistentes Sociais ». Coimbra: Associação dos Profissionais de Serviço Social (APSS). Available at: http://3congressoservicosocial.wordpress.com/.
  • Binet, M. et al., 2014a. CVs e Contra-narrativas anti-opressivas: Serviço Social e Crítica da reificação curricular das desigualdades de destino em tempo de precarização neoliberal. In III Congresso Internacional de Serviço Social «Serviço Social em tempo de incerteza». Lisboa: Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa da Universidade Lusíada de Lisboa (ISSSL-ULL) – Associação dos Profissionais de Serviço Social (APSS). Available at: https://prezi.com/_zqg7rf_k7ze/acri-1-cvs-e-contra-narrativas/.
  • Binet, M. et al., 2014b. Workfare, desregulação do emprego e serviço social crítico: a precariedade laboral retratada e questionada pelos assistentes sociais. In Conferência do Dia Mundial do Assistente Social (18 de Março de 2014). Vila Real: Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

_____

  • Binet, M., 2013. Os quadros interaccionais: micro-observatórios das relações e dos conflitos de classe. In II Congresso Internacional Karl Marx. Lisboa: ICT / FCSH-UNL.

_____

APA Congresso 2013

_____

14 Quid novi

_____

Ética e Metodologia na investigação sobre interacções discursivas 15 16 Julho 2011

_____

  • Binet, M. & Félix, E., 2008. Visitas domiciliares e interagir comunicacional: a Intervenção Social em micro-análise. In I Congresso Internacional de Serviço Social «O Serviço Social no séc. XXI: Desafios e oportunidades». Lisboa: Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa da Universidade Lusíada de Lisboa (ISSSL-ULL).

_____

  • Binet, M. & Monteiro, D., 2012. Os saberes profissionais operantes nos locais de trabalho: atendimentos de Ação social em micro-análise (Poster). In VII Congresso Português de Sociologia (Sociedade, crise e reconfigurações | Universidade do Porto | 19-22 Junho 2012). Porto: Associação Portuguesa de Sociologia.

_____

CADAAD 2012

  • Binet, M. & Monteiro, D., 2012. The Service Encounter in Social Work: An Interactional Event Organized in Multiple Scales. In Critical Approaches to Discourse Analysis Across Disciplines (CADAAD 2012 | Universidade do Minho). Braga: Communication and Society Research Centre (CECS) & Centre for Research in Social Sciences (CICS).

_____

Ética e Metodologia na investigação sobre interacções discursivas 15 16 Julho 2011

_____

  • Binet, M. & Rodrigues, A.D., 2010. Análise da conversação e Paradoxo da observação: Pedidos de autorização para gravar atendimentos de acção social. In Congresso Internacional Linguagem e Interação II. São Leopoldo: Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS).

Documentos de trabalho

(Working Papers)

_____

HAL - Etno & AC

_____

  • Binet, M., 2011. Proposta de uma nova convenção de transcrição em Análise da Conversação. Documento de Trabalho do GIID no32. Lisboa: FCSH-UNL.

_____

  • Binet, M., 2012. Temporalidade, polifonia e agencialidade na fala-em-interacção: referenciação conversacional de unidades narrativo-actanciais em atendimentos de acção social. Documento de Trabalho do GIID no43. Lisboa: FCSH-UNL.

_____

  • Binet, M. & Monteiro, D. eds., 2012. Volume de Transcrições de Atendimentos de Ação social. Corpus ACASS. Lisboa: GIID-CLUNL.

_____

  • Binet, M. & Sezões, I., 2009. Etnografia visual de um Serviço de Acção Social. Documento de Trabalho do GIID no24. Lisboa: FCSH-UNL.

_____

  • Monteiro, D., 2010. Estratégias de envolvimento conversacional em atendimentos de serviço social. Documento de Trabalho do GIID no7. Lisboa: FCSH-UNL.

_____

  • Monteiro, D., 2010. Assimetria etária e institucional e negociação de formas de tratamento entre mulheres em atendimentos de Serviço Social. Documento de Trabalho do GIID no26. Lisboa: FCSH-UNL.

_____

  • Monteiro, D., 2012. Proposta de representação gráfica de operações de reprodução e de manipulação de falas associadas ao uso do discurso relatado em interacções orais. Documento de Trabalho do GIID no42. Lisboa: FCSH-UNL.

__________



 ACASS-001

«We believe that in one sense all productive sociological and anthropological analysis is “grounded”: it depends on processes of abductive reasoning in the creative interplay between data and ideas, concrete instances and generic concepts» (Atkinson, 2005: 22).

Fonte: Atkinson, P., 2005. Qualitative Research – Unity and Diversity. Forum: Qualitative Social Research, 6, pp.1–25.


Michel G. J. Binet

Professeur Universitaire à l’ISSSL-ULL (Instituto Superior de Serviço Social de Lisboa – Universidade Lusíada de Lisboa) - Chercheur en Travail social - Docteur en Anthropologie - Analyste de Conversation - Membre du Conseil du GIS Hybrida-IS, Groupement d'Intérêt Scientifique en Travail social

More Posts

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Groupe d’Ethnométhodologie et d’Analyse Conversationnelle de la Clusivité sociale

Pesquisar OpenEdition Search

Você sera redirecionado para OpenEdition Search